O diferencial competitivo


significa um diferencial adotado por uma empresa que faz uma boa diferença junto aos demais concorrentes. Uma parte das empresas já utiliza o diferencial do atendimento em sua competição dentro do mercado atual. Pode-se pensar que três características ficam mais fortes no mercado atual:

  1. O número de concorrentes aumentou;

  2. a qualidade dos produtos concorrentes está cada dia mais equivalente;

  3. os preços entre produtos concorrentes começam a ser mais similares;

Qualidade não se discute mais, se você ainda não tem é sujeito não ter condições de continuar neste concorrido mercado. A qualidade começa a ser a cada dia mais equivalente entre as marcas, produtos e empresas. Quando qualidade e tecnologia começam a ser cada vez mais equivalentes. Os preços começam a ser semelhantes. Com isso, a pergunta é a seguinte: “Quando eu, como consumidor, que tenho um número grande de empresas e produtos concorrentes à minha disposição, com qualidade semelhante e preços similares, o que me fará comprar de você e não do outro?” E uma das respostas é que a empresa tem que ser “diferente”. O diferencial estará cada vez menos nos produtos e cada vez mais na qualidade das pessoas e consequentemente em seus serviços. E, esse grande diferencial será cada vez presente na prestação dos serviços que estão dentro daquilo que a empresa entrega todos os dias junto com os produtos que vende.

Foi feita uma pesquisa com donas de casa de todas as classes sociais, o qual se perguntou: “Qual supermercado a senhora prefere?”: Um supermercado que tenha todos os produtos possíveis e imagináveis, mas, que demore 40 minutos para sair no caixa, ou um supermercado com metade dos produtos do primeiro, mas, que a senhora saia no caixa em 8 minutos? O resultado foi: 93% das mulheres pesquisadas preferiram o supermercado 2, isto é, aquele que tem menos produtos, mas, onde o cliente passa pelo check-out rapidamente.

A variável não é “produtos nas gôndolas” - isso é obrigação! A variável é “tempo”! todos querem ganhar tempo! Se perguntarmos aos nossos clientes se eles preferem ter a maior variedade de produtos ou sair do crediário em até 10 minutos o que você acha que eles responderão?

Sendo assim, a qualidade das pessoas e seu modelo de atendimento será neste novo Século um GRANDE DIFERENCIAL COMPETITIVO. Vencerá com mais facilidade, as empresas que forem mais COMPETENTES NO ATENDIMENTO das necessidades e aspirações de seus clientes; que SURPREENDER seus clientes com serviços fundamentalmente novos e CRIATIVOS, que tiver em seus quadros BONS FUNCIONÁRIOS e com alto nível de COMPROMETIMENTO, no sentido mais amplo que “atendimento” possa significar.

Podemos pensar que quando alguém ou alguma empresa não presta um bom atendimento, não só prejudica a empresa, mas, demonstra que ali as pessoas não se interessam pelas outras pessoas, não estão nem aí. Consequentemente, as pessoas/clientes poderão não levar uma imagem positiva da empresa e esta ficar na boca das pessoas lá fora como uma empresa desacreditada. Que só pensa em si mesma e famosa pelo mau atendimento. Quando alguém presta um bom atendimento, não só auxilia a empresa, mas, demonstra que ali as pessoas se interessam pelas outras pessoas, estão ali pra servirem bem a elas. E, como consequência, as pessoas/clientes levarão uma imagem positiva da empresa, levarão pra fora um ótimo comentário e toda a organização ganhará muito e as consequências poderão ser bem positivas.

Luiz César Hoeckele

#diferencialcompetitivo #criatividade #empreendedorismo

Destaques

Desenhamos este espaço pra que você possa estudar alguns comportamentos e atitudes que fazem parte do dia a dia dos profissionais. Lembrando a todos que o estudo é parte importante do nosso desenvolvi-mento pessoal e profissional. Boa leitura!

Recentes
Arquivo
Busca por Tags
 
Nenhum tag.