Ser consultor em 9 passos

Tenho visto muitas pessoas se aventurando nesta profissão. Dizer que é um consultor parece ser tão fácil quanto falar seu nome. Estou no mercado de consultoria há mais de 16 anos e quero abrir uma porta de estudo que pode ser importante, antes da sua aventura. Assim, aprendi nestes anos que ser consultor carece de alguns elementos básicos e fundamentais:

1. Ser consultor é ser uma pessoa que aprendeu a fazer algo, e esse algo ela o faz muito bem. À partir daí, ela pode ensinar empresas e empresários.

2. Ser consultor é saber como uma empresa funciona. Pois quando se mexe num lugar, tem que saber que terá reflexo em diversos setores dentro da mesma organização. Então, para mexer aqui tem que saber o que acontece lá.

3. Ser consultor exige saber como as pessoas funcionam, pois a primeira coisa que um funcionário pensa quando o consultor chega é: “Este cara está querendo mudar tudo por aqui e pode sobrar pra mim”. E saber como agir pra ter a confiança das pessoas para que as melhorias sejam implementadas: Método, Técnica e Conhecimento.

4. Ser consultor é ter ciência de que todos os problemas sempre começam um pouco mais em cima no organograma empresarial. Ou seja, não vai adiantar botar apenas o curativo na ferida se o problema está no sangue. Não vai adiantar apenas curar o sangue se o problema está no coração, e não vai adiantar somente tratar do coração se o problema mesmo está na cabeça.

5. Ser consultor é ter habilidade de arrumar e alinhar o sistema empresarial de cima pra baixo. Até pra se mexer em baixo tem que se mexer em cima primeiro. E a habilidade de vir organizando de baixo pra cima. Até pra se mexer em cima tem que ter a ciência de que refletirá em baixo.

6. Ser consultor é saber que muitos problemas estão fora da empresa e são trazidos por pessoas todos os dias pra dentro das empesas. Assim, sintomas de estima, sentimentos, medos, problemas de relacionamento, negatividade e conflitos tem que ser considerados no organograma empresarial. E, uma pessoa que se diz consultor precisa saber, exatamente, o que está fazendo e onde está mexendo, antes de se aventurar.

7. Ser consultor é ser alguém que auxilia no conserto sem dependência, com a missão de dar suporte para que aquilo se perpetue dentro da organização. Ou seja, ensino a fazer e ensino a todos como deve ser feito, até que saibam fazer por si mesmos, sem precisar mais de mim.

8. Ser consultor é ter, como base primordial, o respeito a tudo e a todos. Ao abrir a boca pra falar qualquer coisa e entrar na empresa do seu cliente, saiba que ele está aberto, no mercado, funcionando, pagando impostos e salários, que tem uma expertise e um conhecimento já adquiridos, muitos e muitos anos de experiência e ação e que, muitas pessoas trabalham duro por lá, há alguns anos, pra poder pagar os seus honorários.

9. Ser Consultor é ser alguém que conhece o poder das palavras e sabe se posicionar diante de qualquer tipo de plateia. Que sabe falar do presidente ao zelador e do zelador ao Presidente. Que sabe que, se souber usar bem a sua palavra, terá boas chances de obter êxito. Que tem que ser visto por todos como uma pessoa que veio para, verdadeiramente, auxiliar a empresa a ser um lugar melhor, à partir das pessoas.


Destaques

Desenhamos este espaço pra que você possa estudar alguns comportamentos e atitudes que fazem parte do dia a dia dos profissionais. Lembrando a todos que o estudo é parte importante do nosso desenvolvi-mento pessoal e profissional. Boa leitura!

Recentes
Arquivo
Busca por Tags
 
Nenhum tag.