Gestão de estoque e pressão no caixa

A boa gestão de estoques de uma empresa, nestes dias, pode ser o diferencial entre o prejuízo e o lucro, o fracasso e o sucesso, a falência e a expansão de qualquer empresa.

Para tanto destacaremos as dores de se manter estoques altos e desnecessários e também algumas características fundamentais que, dentro de uma boa gestão de estoques, podem ser fatores de sucesso e trazer mais saúde financeira para sua empresa.

Verifica-se, em muitos casos, empresários que olham para o seu estoque e acreditam que ele é dinheiro guardado. Foi assim em tempos de baixa concorrência e inflação alta.

Sabemos que cada ramo de negócio tem suas características específicas e que, nestes dias de alta concorrência, juros altos e clientes buscando novas formas e modalidades de compra e consumo, manter estoques altos pode representar um jogo de alto risco.

A gestão de estoques pode acarretar em prejuízos financeiros que tendem a gerar problemas no fluxo de caixa e capital de giro da empresa. Ainda mais se o imobilizado em estoques for motivo de busca de empréstimos em bancos para pagar outras contas, além das mercadorias e matéria prima, como salários e outras despesas fixas.

A má gestão nas compras e no controle de estoques pode ser o fator que mais prejudique na administração e saúde financeira de empresas de qualquer porte – seja na indústria, no atacado ou no varejo.

Lembrando que quanto mais tempo uma mercadoria fique em estoque, geralmente, mais ela perde seu valor de mercado, já que vai ficando fora de linha, nos casos de moda, depreciação e vencimento em casos de alimentação e medicamentos. Todo estoque então representa um custo que, se não for revertido em vendas, torna-se prejuízo.

Alguns passos que são importantes para que uma empresa faça uma boa gestão de seus estoques:

[if !supportLists]1. [endif]Estude os números com profundidade. Saiba todos os fatores e diagnósticos ligados ao seu negócio. Seja incansável na pesquisa dos números e controles.

[if !supportLists]2. [endif]Fique de olho nas metas de vendas e na cobertura dos estoques. Ou seja, se eu vendo 1.000 por mês, quanto tenho que ter no estoque? Quando o controle é bem feito, podemos iniciar o mês com 1000 no estoque e receber outros 1000 no decorrer do mês e terminar o mês com 1000 (quando isso é possível). Nesta modalidade trabalhamos com parte do estoque nosso e parte do estoque da indústria. Não descapitalizamos a empresa e, algumas vezes, vendemos o produto sem ainda ter pago por ele.

[if !supportLists]3. [endif]Não compre por impulso. Pense muito bem antes de comprar saldos, lotes, vendas casadas e descontos que parecem atraentes. Pense muito bem antes, converse com outras pessoas, avalie os custos, os prós e os contras antes de tomar uma decisão.

[if !supportLists]4. [endif]Se não precisa, não compre. Se está com os estoques altos busque uma redução do estoque primeiro. Por vezes é melhor buscar meios de baixar os estoques e fazer um bom fluxo de caixa primeiro, para depois inserir novos produtos e novas compras.

[if !supportLists]5. [endif]Verificado um problema de giro em determinado produto, aja o mais rápido possível para “desovar” o estoque. Quanto mais tempo um produto permanece parado, mais deprecia. Por vezes é melhor gerar ações de marketing, baixar preços e colocar pra fora. O dinheiro que ele gera, no giro do capital, abre espaço a novos produtos que geram novos negócios.

[if !supportLists]6. [endif]Amplie as possibilidades de vender seus estoques. Por vezes somente os pontos de vendas tradicionais não são suficientes para desovar estoques com baixo giro. Pode sair somente do raio de ação do seu bairro e vender pra todo o mundo nos dias de hoje. Nestes tempos de vendas on-line, buscar a venda de estoques parados via mídias digitais pode ser uma saída inteligente. Busque uma boa plataforma e publique seus estoques. Com certeza existem muitas empresas querendo o que sua empresa tem parado no estoque.

Portanto, uma boa gestão de estoques pode ser um diferencial competitivo para sua empresa lucrar mais e crescer, mas, a agilidade em não deixar os estoques parados e os meios que se adotará para fazer dele, dinheiro no caixa da empresa, requer uma gestão mais bem alinhada com a realidade do nosso mercado atual. Assim, estudar seu estoque, conhecer seu mercado, tomar decisões embasadas em bons diagnósticos e ampliar as possibilidades de vendas e marketing destes produtos nas novas mídias digitais, pode trazer uma grande e positiva diferença no sucesso do seu negócio. Sucesso e boas vendas.


Destaques

Desenhamos este espaço pra que você possa estudar alguns comportamentos e atitudes que fazem parte do dia a dia dos profissionais. Lembrando a todos que o estudo é parte importante do nosso desenvolvi-mento pessoal e profissional. Boa leitura!

Recentes
Arquivo
Busca por Tags
 
Nenhum tag.